terça-feira, outubro 02, 2007

ainda à procura

não deixo de querer saber mais sobre a performance... live art performance.
intriga-me a ideia da generalidade que lhe é atríbuida. ao mesmo tempo que o que lhe é característico é o que a torna interessante, é também o que se pode chamar de flop auto-induzido.
perguntas a responder:
qual o objectivo?
quais os limites?
ainda faz sentido?
o seu contributo como produto artístico para o conceito global de 'arte'?
o que é na realidade?
teatro, video-arte, dança, artes-plástica, conceptualismo minimal, o quê?
as perguntas podem não fazer muito sentido, mas são estas para já que não me deixam avançar...

Sem comentários:

Seguidores