sábado, novembro 03, 2007

tr.ama a cidade em arte

Começou ontem o TRAMA festival de artes performativas e fica até domingo.
A verdade é que se sente o cheiro a festival, as ruas com pessoas e a arte em vários locais a chegar (engraçada ou não, com mais ou menos sentido) a todos os públicos que, ou de propósito ou por acaso, passam nos sítios visitados pelos artistas e participantes deste festival.
Depois de ter decidido ir ver o espectáculo de CLOWN, do PortoCLOWN (que também se estende até domingo), onde acabei por não conseguir fugir dos olhares do público porque tinha que haver uma parte interactiva com o público e eu lá fui para o palco fazer de "canto" num ringue de boxe, com mais cinco pessoas inocentes como eu, e dois palhaços (sem ser perjurativo) a lutarem pelo meio.
A verdade é que pessoalmente o clown tem, para mim, ainda muito que se explicar, será que é só a palhaçada (onde não se discute o talento) ou será que há mais alguma coisa? deve haver... mas o problema não é eu ou quem está por dentro destas andanças (dos espectáculos) gostar, mas sim o outro público, aquele que não julga a partir de preconceitos, se esse gostar então alguma coisa funciona e I rest my case.
Mas voltando ao TRAMA, eis que ontem na Pr dos Poveiros a música era a performance, a instalação era uma caixa de 2x2x2m3 com colunas lá dentro e espaço para poucas muito poucas pessoas.... o projecto CUI CUI BOX ambiciona ser um espaço avant gard rock'n'roll num ambiente demasiado "cosy".
Era aliciante, mas há momentos em que senti que se quisesse saber como era o Inferno então teria que ir lá dentro muitas mais vezes... se existir inferno, porque senão só existe a cui cui box e está tudo bem!
palavras para quê?!


Sem comentários:

Seguidores