terça-feira, dezembro 18, 2007

o crepúsculo dos deuses



no poster ao lado em espanhol, e no original "Sunset Boulevard", uma estrada em Los Angeles na California, de onde se avista o por-do-sol...
Por Billy Wilder, o crepúsculo é sobre aqueles que vivem em mundos à parte, aqueles que vivem e que fazem tudo para poder viver num mundo de aparências.
Sem dúvida é um dos melhores filmes que vi até hoje, a preto e branco, com um argumento genial, "O Crepusculo dos Deuses" é sobre a vida uma actriz do cinema mudo numa altura em que os filmes são feitos de palavras e a imagem passa a ser aquilo que se diz. Norma Desmond, interpretada por Gloria Swanson é essa mulher, essa deusa que vive ofuscada num lusco fusco que se abate sobre ela.
Um argumentista sem trabalho que decide sucumbir aos poderes do dinheiro e daquilo que ele pode oferecer, os valores rapidamente passam a ter outro sentido.
Mais do que nunca vale a pena ver este filme, especialmente com a crise dos argumentistas que parece ter assolado a grande fábrica do cinema mundial... e trata-se de uma crítica feroz ao cinema e ao mundo de hollywood (já na altura...)
Sunset Boulevard é genial a todos os níveis, um género de filme noir que não se compara em nada àquilo que são hoje em dia os objectos da 7ª arte que temos à escolha para ver.
É um clássico, e acima de tudo intemporal...
"Norma Desmond: I'm ready for my close-up Mr. De Mille"

Sem comentários:

Seguidores