terça-feira, setembro 30, 2008

trailer


ver aqui

sempalco

segunda-feira, setembro 29, 2008

the future is unwritten

De Julien Temple, "Joe Strummer - The Future is Unwritten" é uma compilação dos momentos da vida do cantor Joe Strummer, num documentário feito lived by the river sobre o vocalista da famosa banda The Clash.
Strummer é-nos apresentado como um homem cheio de premonições, com letras de musicas que antecipam os dia que vivemos hoje e acima de tudo um ser humano que vivia nos dois extremos do espectro das emoções e sentimentos.


visto en la Filmoteca Extremeña - Mérida

spanish civil war

3D, Pablo Picasso's Guernica

Lena Gieseke

wild at heart

This all world's wild at heart and weird on top.


David Lynch's "Wild At Heart"

domingo, setembro 28, 2008

future places



What is Future Places?
Thirteen days of exhibitions and events addressing the potential and the impact of digital media on local cultures. October 7-19, 2008, in Porto, Portugal. A project of the UT AustinPortugal Program.

sexta-feira, setembro 26, 2008

ya estamos con ellos



filmoteca extremeña

La primera película en España... independiente y subtitulada!!!!!!!

"Buda Explotó por Verguenza" de Hana Makhmalbaf (Iran)

descobertas en españa

Macaco - Con la Mano Levantá

domingo, setembro 21, 2008

feeling

LOST IN TRANSLATION

fast post...

olimpicamente de TAPTC?Teatro
Los Juegos Olimpicos, una demonstración de excelencia por parte de atletas/deportistas y también el público que debe respetar-se mutuamente e providenciar un ambiente sano de deportividad para comportando-se de forma ideal entre unos y otros e seguindo el MANUAL DE BUENAS MANERAS DEL ESPECTADOR OLIMPICO.
Una revisitácion historica de los elementos e figuras principales que hacen parte de los mitos acerca de como tuvieron formación los Juegos Olimpicos, los que eran especificos de Olimpia y que hacian parte de un conjunto de varios juegos todos celebrados en honor ó a un rey ó a alguna divinidad.
Mas importante que saber el origen de los juegos, y el personaje historico mitologico responsable por haberlos creado, es saber que son los Juegos más importantes que llegaran hasta nuestros dias despues de haber sido recuperados por alturas de la Revolucion Industrial, reanudando los valores instituidos en el mundo del deporte, donde no se olvida competitividad y sobretodo la necessidad de superacion, inspirando los espectadores a tener un espiritú de “armisticidad” donde tenemos el ejemplo en nuestros dias – com todos los problemas e conflitos entre culturas en las dos partes del mundo – que durante el tiempo que todos estén compitiendo por un mismo objectivo no haya valores exteriores que puedan corromper el espiritu olimpico.

quarta-feira, setembro 17, 2008

si te apetece...

Mérida. Una nueva ciudad...
O pior do ritmo de vida espanhol: A siesta... Nada para fazer, nada para ver... absolutamente nada a não ser render-se ás evidências e juntar-se ao inimigo (não no verdadeiro sentido da palavra).
TAPTC?Teatro... a companhia, empresa de Mérida onde estagio neste momento encontra-se num caos absoluto por ter que apresentar uma peça já no próximp sábado, o único problema é de ter que ser montada em cinco dias... aí está o problema de ter "clientes".
OLIMPICAMENTE é o título da peça, não podia haver mais coincidências.
O mais dificil de viver em Mérida: conseguir instalar um serviço de internet em casa... é verdade. Neste momento a alienização do mundo é completa.

quarta-feira, setembro 10, 2008

despedidas...outra vez

Deixo o meu coração, ou parte dele
a flutuar no espaço que deixo vazio
na minha ausência sobressai
o meu pensamento deste lugar
das memórias... todas elas fossem
fotografias para levar, cartas de palavras
que recordo escritas em lugares
que fisicamente não existem
por serem demasiado grandes
para caberem em algum sítio.
Deixo pedaços de mim que
esperam o reencontro breve...
Levo comigo as saudades, o carinho
as palavras, o sentido das coisas,
a vontade...

terça-feira, setembro 09, 2008

sometimes

Sometimes I feel lonely
And I remeber about all the people
I've met, and even then loneliness
is the only feeling I know
and I remebember no other.

inatingibilidade

Creio não poder acrescentar mais palavras a tudo o que já foi dito e escrito, e é na imediatez do momento que me disponiblizo a escrever cartas no espaço retórico da resposta hipotética ou mesmo inexistente.
Escrevo exposto a uma ansiedade que conheço e torno habitual no meu corpo, numa tentativa de responder a necessidades internas e latentes que conheço apenas por instinto básico e quase animal. Assemelho-me à humanidade por procurar o desconhecido, essa obsessão a que nos dedicamos quase diariamente, esse desconhecido que se apresenta como um sonho, como a última morada, como a inatingibilidade do ser humano e é nessa procura que todos nos vamos descobrindo, construindo, definindo certezas que seriam absolutamente outras se tivessemos tomado outras opções, se tivessemos seguido outros caminhos...
Essa inatingibilidade que se torna eterna e força o desiquilibrio entre nações, continentes e culturas por se encontrar em diferentes graus de necessidade ainda no século decorrente e que é o século da nossa existência.
Não acrescento nada mais a tudo o que foi dito e escrito, reescrevo e re-penso...

segunda-feira, setembro 08, 2008

thank you for the music

é musical, é com as letras das músicas dos ABBA, mas "Mamma Mia" é um daqueles summer flings... Meryl Streep canta fenomenalmente, assim como todo o elenco, mesmo os coros de tragédia grega, aqui num tom muito descontraído!

os originais...

...e aqui Meryl Streep

ballard . undisclosed recipient

undisclosed recipient . [crash]

quinta-feira, setembro 04, 2008

sentimentos partilhados

somos eternamente frágeis
neste rumo da vida face a um destino
desconhecido, inóspito e secreto.
o caminho vai-se apagando
lentamente a cada passo
e deixamos as palavras,
os sorrisos e as lágrimas,
os gestos de ternura e raiva
presos nos galhos dos arbustos
que se intrometem no nosso caminho
que surgem para nos afagar os cabelos
nas longas caminhadas.

eternamente frágeis somos
num destino sem rumo face ao caminho
desconhecido. inóspita e secreta
a vida vai-se apagando a cada passo
e lentamente; presos os gestos de ternura
e raiva, as palavras deixamos nos arbustos
que surgem para nos afagar
as longas caminhadas e os cabelos
nos galhos são os sorrisos e as lágrimas.

stardom


everyone wants a piece of them... HOLLYSAINTS

quarta-feira, setembro 03, 2008

cine arte

Não é um festival de teatro e de dança. Não é um festival de cinema.
Festival Internacional de Cinema e de Artes Performativas (FICAP), de 20 a 28 de Setembro no Museu Nacional de Teatro, em Lisboa, e no Centro Cultural da Malaposta, ao Olival Basto.
com retrospectivas da obra dos encenadores Peter Brook e Bob Wilson... também poderá ser (re)-visto.
"Carmen" de Carlos Saura, "Fanny e Alexandre" de Bergman, "Noite de Estreia" de John Cassavetes, "Santa Sangre" de Jodorowsky


Opening Night

Santa Sangre

portraits

(...)Actors such as Brad Pitt (as a crazy person on the streets in the rain), Isabelle Huppert (as Greta Garbo), Steve Buscemi (as a mad butcher chewing gum on a variety show), Robert Downey Jr. (as a dreaming corpse in a Rembrandt painting), and Winona Ryder (as Winnie, the main female character in Samuel Beckett’s Happy Days, buried up to her neck in sand) were asked to “think of nothing" and move slowly and steadily to collaborate in Wilson's vision of who they might be.(...)
by Wendy Dembo aqui
Robert Wilson fez esta série de retratos-vídeo com várias pessoas e animais atribuindo-lhes o aspecto de obra de arte, mutável porque vive no curto espaço de tempo que têm de "vida".

Voom Portraits

ver também aqui

o jardim do éden

"A caminho daqui vi coisas maravilhosas para pintar, mas nunca soube pintar. Sei de coisas maravilhosas para escrever e nem sequer consigo escrever uma carta que não seja estúpida. Nunca quis ser pintora nem escritora até chegar a este país.
Agora, é como estar-se sempre esfomeado e não haver maneira de o remediar."
Ernest Hemingway, "O Jardim do Éden"

jean paul gautier

terça-feira, setembro 02, 2008

existentialism

What if there were detectives that had the responsibility to solve existential problems?
Everything is the same?! We just have to learn to deal with it, and find the way to desmantle everything around us... Or is it just that we live surrounded by nothingness?
I Heart Huckabees is a movie about those kind of problems, an existencial comedy about human flaws and this constant inner search, that everyone decided to do at the same time, execept for some that see that as an advantage to go up in life and when they've reached the top, everything is quite the same as it was... or even worse.


Love Letters

'Love Letters' - Ketty Lester (ost 'Blue Velvet')

segunda-feira, setembro 01, 2008

fwd SKITe/ Sweet & Tender Collaborations

ver mais aqui e aqui
Since August 15th and until September 20th 2008, SKITe/Sweet & Tender Collaborations takes place in the city of Porto, Portugal. Following the project held in PAF - Performing Arts Forum - in 2007, this second edition gathers 46 artists from different countries and performance-related disciplines during a period of five weeks. This project, co-launched by the Association SKITe and Sweet & Tender Collaborations, meets various institutional or "alternative" partners in Porto and opens up to a wide European partnership.SKITe / Sweet & Tender 2008 will focus on bridging the gap between process and product through the creation of an environment based on constant showings and feedbacks. This modality is established through various moments of openness to the public, and of confrontation with the city of Porto, Portugal as the hosting context.After a first week of presentations inside the group, Meg Stuart's Re-Run and the first Open House Days, the artists are spread all over the city developing their works preparing a new moment of meeting with the public of Porto.
Summer Camp: Isto não é uma colónia de férias: são 46 artistas de todo o mundo a trabalhar no Porto (e não é proibido espreitar)
Inês Nadais
(...)A vantagem destes encontros é justamente estar tudo em aberto: "Hoje sabemos tudo o que vamos ver com antecedência: os artistas são obrigados a apresentar dossiers pormenorizados dos projectos dois anos antes da estreia, e isso asfixia a criação. Aqui não sabemos nada do que se vai passar - tanto melhor", diz Adolphe. (...)
© Copyright PÚBLICO Comunicação Social SA



Empty Minds a project by Pavlos Kountouriotis

40ºgrados, flamenco y tapas





Flamenco

É como um animal que se apodera do corpo
como uma força extrahumana que desenha
os movimentos entrecortados,
desenhados na perfeição das torções,
os braços são membros até às mãos
retorcidas de sentimento, e na cara
transparece o sofrimento, a angústia
a boca canta palavras mudas a música não ouve
poderosa e numa rouquidão qu'assalta os
corações e os inertes se convulsionam
por dentro como um vulcão em erupção
uma lava sobe desmedida
um corpo que arde de pasíon flamenca
onde os pés se escaldam a modo frenético
num infinito bater de coração acelarado.
Um corpo que dança o sangue a ferver
em ebulição toda a existência
e a água evapora-se e salta e salpica
num apoderamento sem nome, música
inominável que desgasta cansando o olhar
enquanto se torce, gira, retorce e se desenlaça
o corpo cheio de palavras silenciosas.

American Triology


Dear Wendy, é o fim da triologia escrita por Lars Von Trier sobre uma América auto-traída nos seus próprios ideais. Dogville, Manderlay e Dear Wendy focam os aspectos e as dificuldades numa América inter-racial com problemas em assumir a sua identidade plural em termos de culturas e modos de estar.
Wendy, a arma brinquedo, o objecto inofensivo acaba por despoletar uma série de acontecimentos em torno da Praça Eléctrica e por transformar um grupo de “pacifiquistas” em guerrilheiros especialistas em armas e na sua utilização para conseguir atingir os seus propósitos que, mesmo simples, servem a metáfora de um mundo que se auto-destrói por criar regras que existem apenas para ser quebradas.

isabella rossellini

in David Lynch's "Blue Velvet" (1986) as Dorothy Vallens

absolut glow.

Uma prova de arte e tecnologia unidas para um resultado estupendo.
O coreógrafo e co-autor do espectáculo GLOW da companhia Chunky Move (nestes dias apresentado no CCB) - Gideon Obarzanek - explica em que é que consiste a parte informática do espectaculo para dar origem àquilo que provavelmente seria apenas mais uma coreografia.

momentos de glória

Assisti durante as férias a dois momentos verdadeiramente emocianantes e confesso que vibrei com Portugal... eu que não sou nada dado a este tipo de coisas...
Mas já me estava a chatear os Jogos Olímpicos e Portugal sempre lá com as suas 0 (zero) medalhas...
Parabéns Nelson e Vanessa!
Agora, Medalhados Olímpicos que levaram o nome de Portugal até Pequim. Gostei!

balanço

sol, praia, leituras e um computador portátil = férias.
acontece algo estranho quando nos isolamos do mundo, e nos deixamos estar ao sabor dos dias, sem pressas. numa primeira fase o corpo ressaca de uma actividade excessiva e uma necessidade frenética de estar em constante movimento. Depois encontra-se o ritmo próprio de não fazer nada e de ficar a aproveitar apenas esse nada ainda cheio de coisas e pensamentos e vontades de fazer milhares de coisas... é nesse momento que se descansa quando conseguimos encontrar o ritmo interior de fazer as coisas e o tempo chegar para tudo... as malas e a cabeça levam demasiadas coisas inúteis.
Depois aproxima-se a data de voltar e o corpo começa novamente a entrar em convulsões e a recordar a ansiedade que tanta falta lhe fazia e o vazio é rapidamente preenchido por uma saudade urbana que mesmo à distância nos faz sentir em casa. mas fica-se sempre a precisar da praia, do sol... as leituras e o computador continuam...

Seguidores