domingo, março 29, 2009

this sunday...

STEWIE



you're innocent when you dream



Em "Tambores na Noite" de B.Brecht, no Teatro Nacional S.João, Nuno Carinhas apresenta-nos esta canção de Tom Waits, num final de um texto brilhante sobre os que partem e os que ficam.
Não quero falar de problemas de encenação, de melhores ou piores actores, de más decisões. Na realidade um dia foi comemorado ainda ontem na expectativa que isto do "Teatro" tenha algum significado, faça alguma diferença no meio de tanta indiferença, de tanta displicência, de tanto egocentrismo concentrado...
Brecht escreve esta obra mesmo antes de ser o dramaturgo reconhecido e de repertório a que estamos acostumados actualmente, nesta peça existem pinceladas daquilo que ele viria a ser no futuro, (e não seremos todos nós assim, pequenos fragmentos do viremos sempre a ser num futuro qualquer?) e é sob uma lua vermelha que tudo isto é escrito e que se passa a história de um homem que volta para o sítio onde já não estava fazia quatro anos. Pode o ser humano esperar indefinidamente? Podemos ficar na incerteza do futuro e não viver o presente?
B. Brecht assume esta fragilidade envolta no caos característico da guerra e de um medo que exponencia todos os sentimentos, que se transforma numa lupa do momento presente.
Múltiplos significados à parte, a letra da música que marca o fechar das cortinas de veludo cor de vinho deste Teatro da cidade do Porto, fala de uma inocência que está presente sempre que sonhamos. Não será hoje mais do que nunca, mas o Teatro subsiste hoje sob essa lua vermelha daqueles que partem e daqueles que voltam. Que se tentem então não imiscuir os sonhos...para não dizer, promiscuir...

"Se fores apanhado nos sonhos dos outros, estás feito." Gilles Deleuze

Rivoli?!


Existe um Rivoli em Indianopolis! E o mais incrível é que se trata de um fenómeno do Paranormal... um pouco como aqui... Será que vai acabar assim!?

as histórias e documentações:
TRANSDIMENSIONAL PHENOMENON INVESTIGATORS
SEARCH: RIVOLI INDIANOPOLIS

"If you stabilize the building, I believe the building will be around for years to come, even if it's not occupied," said Mark Dollase, chairman of the Rivoli Center for the Performing Arts, the new nonprofit owner of the building.

segunda-feira, março 23, 2009

speech(s)


NOT TO FORGET: WHEN YOUR A LEADER OF AN INSTITUTION BEWARE OF THE THINGS YOU SAY. SOME PEOPLE TEND TO FOLLOW THEIR LEADERS WITHOUT CONSIDERING PERSONAL OPINION.

[something completely different]

memórias do fim-de-semana


as fotografias consegui na internet, foi uma falha grave (pouco tempo a máquina acabou por ficar guardada...), mas foi um óptimo fim-de-semana ali para os lados da Graça...

em lisboa



"Ensaio Amargo sobre Petra von Kant" fica ainda no próximo fim-de-semana, no Teatro Bocage em Lisboa. Sexta, sábado e domingo, às 22horas.
Encenação: Sophie Pinto





R. W. Fassbinder filmou em "As Lágrimas Amargas de Petra von Kant" a vida de uma mulher, a sua solidão, o seu desespero, a sua urgência em ser aceite, o seu medo de perder alguém. Fassbinder deixou um icone cinematográfico com este filme que nos fala sobre Petra von Kant e a sua impossibilidade de se relacionar, de abandonar o seu mundo, de arriscar até que se apaixona e toda a fortaleza humana construída em seu torno vai desabando aos poucos num relação desfragmentada onde o sexo se torna uma arma para obter aquilo que se deseja.

Este era o filme de 1972, agora na sala do Teatro Bocage em Lisboa, Sophie Pinto aborda a vida desta personagem, destes jogos de manipulação entre seres humanos num mundo onde "nem tudo o que brilha é ouro..."


domingo, março 22, 2009

art vs imitation

Ming Wong

terça-feira, março 17, 2009

sailor moon


Sailor Uranus



segunda-feira, março 16, 2009

Yottabytes: human information

no comment. a genius idea, this is really "make dreams come true".

It's not the first example of how Science Fiction can estimulate mankind and it's evolution towards a designed and thought future. Jules Verne's novels influenced man's imagination and this will continue to happen, for there are those who think about things and imagine them, and there are those who have the capacity and intelligence to bring them to life...

H.G. Wells and others predicted this kind of Future, is it that they were mistaken only by a "fraction" of time, or are we really to slow in this process of supposed evolution?

Eitherway I love the HiTech (see: Yottabyte)

banalidades...

de "Pulp" Charles Bukowski

sábado, março 14, 2009

how?!



[here] LabforCulture

terça-feira, março 10, 2009

buena musica para fin de noche!

SYNECDOCHE, NEW YORK OST - Jon Brion

Little Person

I'm just a little person,
One person in a sea
Of many little people
Who are not aware of me.

I do my little job
And live my little life,
Eat my little meals,
Miss my little lid and wife

And somewhere, maybe someday,
Maybe somewhere far away,
I'll find a second little person
who will look at me and say,

"I know you
You're the one I've waited for.
Let's have some fun."

Life is precious every minute,
and more precious with you in it,
so let's have some fun

We'll take a road trip way out west. You're the one I like the best.
I'm glad I've found you,
Like being around you
You're the one I like the best.

Somewhere, maybe someday,
Maybe somewhere far away,
I'll meet a second little person
And we'll go out and play.

directly to DVD

SYNECDOCHE, NEW YORK (and here official site)
written and directed by Charlie Kaufman



SYNECDOCHE, NEW YORK is Charlie Kaufman debut in direction. (review here)

Um dos melhores filmes de 2008 chegou-me de presente por e-mail, um filme sobre o fracasso, sobre a impossibilidade de vingar num mundo cheio de pessoas mais interessantes, melhores, mais inteligentes do o resto dos comuns mortais. Um filme sobre essa luta por estar presente, por conseguir vencer obstáculos.
Charlie Kaufman o aclamado e também "deslocado" argumentista de filmes como "Being John Malkovich", "Adaptation" e "Eternal Sunshine of the Spotless Mind" consegue criar mais um dos seus imaginários de poética contemporânea, onde o ser humano se desfasa da realidade, e se projecta numa outra realidade. Aqui, Caden Cottard encenador de teatro (Phillip Seymor Hoffman) é o fio condutor da sua própria história, da sua própria luta. Uma sinédoque de si próprio em cada momento, e do próprio ser humano.
Absolutamente brilhante. Agradeço. E recomendo, já que o filme falhou a estreia nas salas portuguesas.

unforgettable

domingo, março 08, 2009

lie, deception, true, love, CLOSER



about human beings, about deception. A movie that talks about the fragility that we have to commit with eachother.
Lie is the way people learn how to live, based on it people build their personality, their image, their reflection of the world is based on this big fat lie, that outputs truth itself as one of the most important values for living. Ways of communication improve everyday opening way to the lie between humans. Re-conciliation vs. Cowardy. Sometimes, even if we are living a lie is better to rule ourselves by an inner truth, otherwise relations are dummed to become more and more falible getting to a point where it will be impossible to relate outside of each and everyone of us.
Natalie Portman gives an excelent performance and builds a passionate character, impossible not to fall in love, above all because it is with her (Alice Ayres) and trough her attitude that hope for human relations is once again posible.
Made in 2004 and directed by Mike Nichols, Closer is one of those movies not to miss.



Official Vídeo - Damien Rice - The Blower's Daughter

sábado, março 07, 2009

doc.

MAN ON WIRE

JOANA PROVIDÊNCIA 20 anos

Iniciou ontem a RETROSPECTIVA do trabalho de 20 anos de carreira de
JOANA PROVIDÊNCIA.
É na Academia Contemporânea do Espectáculo, 6, 7, e 8 de Março todos os dias pelas 21.30h

Joana Providência re-apresentou ontem "In-Tensões" e "Mecanismos" esta última a peça coreográfica que marca em 1989 o ínicio de um percurso intenso e definitivamente louvável desta coreógrafa portuguesa que marcou o panorama da dança na cidade do Porto e não só.
"Mecanismos" é uma curta obra coreográfica pensada como exercício sobre o movimento do crpo, movimentos internos ao próprio corpo, uma série de gestos que surgem como automaticamente em cinco corpos marcados por um ritmo contínuo, possivelmente o ritmo interno ou aquilo que se pode traduzir musicalmente e em dança sobre o corpo e aquilo que o leva a mover-se.
Corpos etéreos, sempre humanos, anjos (contemporâneos) que seguem a pauta do movimento corporal, uma ligeira sensação de blazé típico da dança contemporânea, mas uns 20 minutos intensos no que diz respeito à construção daquilo que marcou o ínicio de uma carreira e que já premonizava a assinatura da que na altura não se pensava cmo coreógrafa, Joana Providência.

mais aqui e mais para ver Hoje e Amanhã.

sexta-feira, março 06, 2009

king of pop...

“When I say this is it, I mean this is it,”


either way, for the good or the bad, I wish I could go!

quinta-feira, março 05, 2009

CORNEAL SCARRING

DESCRIPTION: May be caused by injury to the cornea (abrasion, laceration, burns, or disease); depending on the degree of scarring, vision can range from a blur to total blindness Surface abrasions, although extremely painful, heal transparently (do not leave scars). Deeper abrasions and ulcerations/lacerations result in a loss of corneal tissue, which is replaced by scar tissue. Scars left from burns depend on the type and depth of burn: boiling water or a curling iron leave superficial scarring; acids or alkalies cause deeper damage unless neutralized immediately. Scarring from disease (usually an inflammation) is usually the result of a proliferation of new blood vessels into the clear cornea, to assist in the healing process. Diseases which cause vascularization include herpes simplex, syphilis, and keratitis.

-------------------------------------------------------

E assim é como num dia de repente se descobre, ou se relembra, por acidente que os nossos olhos têm muita importância.

this is the world we live in



no comment

just for fun

press here

opens saturday


HANDLE WITH LOVE
Manuela São Simão e Joana Mateus

Inauguração: Sábado, 7 de Março, entre as 16h e as 20h
Espaço Ilimitado - Núcleo de Difusão Cultural / March 7 > April 4, 2009
Opening: Saturday, March 7, between 16 p.m. and 20 p.m.


colaboração do músico JASG e Rádio Zero (Lisboa)
Performance radiofónica dia 7 por JASG, Joana Mateus e Manuela São Simão, on-going das 17h00 às 19h00 com transmissão simultânea na RÁDIO ZERO (Lisboa) em http://www.radiozero.pt e interacção com as caixas de som alojadas no blog do projecto http://handlewithlove-project.blogspot.com.

A partir desta performance será desenvolvido um projecto para a rede de rádios RADIA http://www.radia.fm a ser transmitido no mês de Junho (info futura no blog).

"Handle With Love aborda o humano emotivo e sensorial, perspectivando-o como mais um objecto consumível, pelas redes de interrelação sócio-comercial, que o restringem e condicionam enquanto sujeito actuante. (...)" (mais aqui)

quarta-feira, março 04, 2009

let's be fashion about poetry



and maybe that's the solution! Glam everything up...

those dancing days are back

Já diziam nos "OSCARS" que os musicais estavam de volta... Mas a verdade é que a dança voltou à rua, de uma forma que já não se via há alguns anos. E como há coisas que se sentem igual peço desculpa aqui para poder plagiar o vídeo que ADOREI!

The Presets:

terça-feira, março 03, 2009

presenting


Jeannette Ginslov - Walking Gusto Productions

[41(14)95(12)9]

O que é que um nome quer dizer... Daniel Pinheiro, foi assim que me chamaram. Aliás, Daniel Augusto Pinheiro da Silva, e na realidade o que é que isso quer dizer?
Um nome faz a personalidade de uma pessoa? Será verdade que um nome pode condicionar a atitude e percurso de um ser humano ao longo da sua vida.
A Antroponimia existe para estudar os nomes, ou seja, uma ciência que surge a partir da necessidade que o ser humano tem de descodificar um dos "códigos" que o identifica e o distingue dos da sua espécie. Um dos códigos, uma vez que esse surge repetido em outros seres humanos. Será que todos os Homens que se chamam Daniel tem obrigatoriamente que pertencer a um padrão designado apenas pelo nome que lhe foi atribuído à nascença? Um nome do qual não somos responsáveis e que no entanto temos que suportar o resto das nossas vidas como uma das partes fundamentais da nossa identificação pessoal... Algo que, se por uma fatalidade do destino, deixa de existir na nossa memória será a primeira pergunta que nos fazem.
Vou pela rua e alguém grita de forma imperativa "António" (ou outro nome qualquer que não seja o meu nome próprio) e se o grita de forma bastante real, quase como se fosse absolutamente necessária que essa pessoa olhasse, eu olho e instintivamente sei que não é para mim, mas não deio de olhar embora saiba que não é o meu nome pessoal. No entanto se gritarem "Augusto" que é o meu segundo nome, como nunca ninguém me trata por esse nome, e ele existe de forma incógnita para a maior parte das pessoas que conheço superficialmente (os conhecidos), é quase inconsciente mas não olho, porque sei que ninguém me trata por Augusto...
Sera que o nome tem assim tanto peso na nossa vida?
Na realidade um nome não é mais do que isso, um nome. Uma identificação como um número de série. O meu nome próprio poderia ser [41(14)95(12)9] um número de série como uma embalagem, um produto, um objecto consumível.
No entanto todos os nomes têm um significado e diz-se até que podem ter uma missão simplesmente porque alguém se chama como se chama...

segunda-feira, março 02, 2009

TETRO



"Tetro" the new Francis Ford Coppola movie, with Vincent Gallo playing the main character, along with Maribel Verdu playing Tetro's friend. The filming location is in Argentina.
to see here the director introducing his new movie, which will be out this summer in the U.S.

Songs about dancing and drugs


CIRCLESQUARE
ver aqui

Dirty realism



Charles Bukowski

"Itaca" version final

Itaca siempre es
y será, el sitio que
en sueños se visita
y a veces
cuando el sueño
se hace realidad
el tiempo se para
y nos regala oportunidades
inolvidables...
Itaca, se dice,
la llevamos en el corazón
y ese siempre espera,
hasta el final,
que se llene de gente
y sitios deslumbrantes
que nunca se olvidan.
Itaca es ese sueño
que se lleva adelante
el unico que se hace despierto.

domingo, março 01, 2009

FNB Dance Umbrella

The FNB Dance Umbrella is the definitive, annual platform for South African contemporary dance at which new choreographic creations are presented. It is an open platform, which includes performances of youth and community groups, the efforts of young choreographers and commissioned works from professional practitioners. Foreign dance companies also show work, often with assistance from their respective diplomatic missions. Among the major objectives of the Dance Forum is to create a space for new work and the Dance Umbrella's role in the development of contemporary dance in this country cannot be underestimated.

FEBRUARY 22 – MARCH 14, 2009

Seguidores